Agenda de Eventos Feministas em Portugal

ondas

Workshop - “Teatro das Yabás”

Workshop - “Teatro das Yabás” de Thatiane Mattos

O Teatro das Yabás é uma oficina teatral que propõe um mergulho na ancestralidade feminina afrodescendente para desenvolver consciência corporal e trabalho cênico. Destina-se a mulheres cis e trans acima dos 16 anos, que tem interesse na prática teatral performativa, na ancestralidade feminina afrodescendente, na mitologia Yorubá e afins. A ideia é criar um espaço de acolhimento do feminino.

Idealizado pela atriz Tathiane Mattos, a oficina mescla dança e teatro para abordar a representatividade das deusas mães-rainhas presente na cultura dos povos Yorubá, e também repensando a ótica feminina de gênero. O ponto de partida para se trabalhar cenicamente é o universo das Yabás (Deusas Yorubá), dado sua importância na organização daquela sociedade, sua representação nas sociedades atuais e sua divindade intrínseca.

A oficina tem duas vertentes:
• Contextualização mitológica/histórica do arquétipo das Yabás;
• Prática cénica com exercícios de livre improvisação orientados pela facilitadora.

A mitologia das Yabás é usada na forma de criação cénica desta proposta, que engloba a transmissão da história oral e performativa da cultura afrodescendente.

A música funciona como difusor das ações de improviso, uma vez que o som permite perceber a relação entre corpo, sonoridade e o pulsar das Yabás. Dialogando com o conceito de antropologia teatral de Eugenio Barba e com o “Outro Teatro” de Zeca Ligiéro, o Teatro das Yabás se sedimenta na busca de um corpo “outro”, um corpo cénico que “aprende a aprender” e que está permeado pela as ações disciplinares, técnicas, estéticas, bem como as regras de comportamento sociocultural e fisiológica engendradas na formação de todos os seres humanos.

https://www.instagram.com/teatrodasyabas/
https://www.facebook.com/teatrodasyabas/

BIOGRAFIA
Tathiane Mattos é carioca de nascimento. Foi criada, nas margens da Via Dutra (Rodovia que liga o Estado do Rio de Janeiro e São Paulo), na baixada fluminense. Entre idas e vinda a decadente Copacabana. Artista de teatro de rua por vocação, não troca as ruas e os espaços alternativos por palcos pomposos. Assistente social por destino, busca em sua arte engajamento social e político. Nas curvas da vida, veio parar em Lisboa, onde o processo migratório fez-se perceber mulher latino-afro-brasileira. Mestre em teatro, com habilitação em teatro e comunidade e agora investigadora em doutoramento em antropologia, busca ligar o seu conhecimento social-político ao seu destino artístico. Atualmente é preparadora cénica na Companhia de Dança Afro Contemporânea Agadá e dirige o projeto Teatro das Yabás, proposta cênica de trabalhar a representação da mitologia iorubá através das orixás femininas.

Links:
ícone feminista.pt