Agenda de Eventos Feministas em Portugal

waves

Understory de Margarida Cardoso

Understory de Margarida Cardoso

Comentadora: Teresa Cunha (CES)

Sinopse
Um ensaio pessoal sobre uma planta e todas as suas ramificações culturais e económicas: o cacau. Viajando por São Tomé e Príncipe, Inglaterra e pelo Brasil, a realizadora passeia-se entre o passado e o presente, desmontando os esquemas da opressão colonial europeia e investigando as possibilidades de uma exploração justa da planta. Nos vários cantos do mundo, são as mulheres que provocam as mudanças. Uma História alternativa, que é uma her-story (história dela) e uma understory (sub-história).

Ficha técnica
Duração: 81 minutos
Argumento: Margarida Cardoso
Fotografia: Margarida Cardoso, Luís Correia, Miguel Costa
Som: Nuno Carvalho
Montagem: Pedro Marques, Francisco Costa
Produção: Lx Filmes
Ano: 2019

 Atendendo à complexidade dos desafios que hoje colocam em causa a manutenção da vida no Planeta Terra, às crescentes desigualdades e injustiças sociais e contradições do desenvolvimento sustentável, importa desenvolver uma “leitura ecológica crítica” sobre o mundo. Ecológica, de ecologia, do grego oikos, que significa “casa”, e de logos, que significa “estudo”. Ou seja, precisamos cultivar o “estudo do lugar onde se vive”, dos lugares que habitamos, e da sua ligação íntima com a defesa da vida.

As decisões relacionadas com as dinâmicas de poder, nomeadamente das elites económicas sobre o que é produzido no ramo alimentar, que é a base da nossa sobrevivência, quais as fontes de energia utilizadas, os processos de combate às doenças, a configuração dos territórios, em que se investe mais recursos económicos.

Quais são as consequências próximas e distantes, no tempo e no território e como podemos reagir?

Urge criar mais espaços comuns, comunitários, onde possamos pôr em diálogo o que nos preocupa, imaginar outros futuros e, passo-a-passo, construí-los coletivamente, mobilizando criativamente os recursos de que dispomos a nível local para fazer, aprender, lutar e resistir.

ParaDocma, de PARADigma, de DOCumentário e de DOgMA, é uma iniciativa que reúne vários grupos e organizações locais, um Ciclo de Cinema que quer dinamizar a cidade de Coimbra com o objetivo de promover o “estudo da casa”, neste caso, de criar diálogo sobre temas ecológicos prementes em diversos espaços da cidade de Coimbra. É um evento itinerante porque pretende divulgar os espaços associativos e os espaços públicos da cidade junto da população e, assim, conhecer os recursos materiais e imateriais locais existentes.

Esta terceira edição do ParaDocma é uma iniciativa organizada conjuntamente entre a Casa da Esquina, a associação Coimbra em Transição (CeT), o Cine Eco Seia e a Oficina de Ecologia e Sociedade do Centro de Estudos Sociais da UC, em colaboração com outras organizações locais. Temos o privilégio de ter o Cine Eco Seia, principal festival de cinema sobre ambiente em Portugal, como parceiro e de ter direitos sobre exibição livres de filmes premiados em Coimbra. Nesta edição, as sessões serão principalmente na Casa da Esquina e na Primavera-Verão, maio-junho-julho iremos co-construir sessões do festival junto com pessoas, comunidades e associações das periferias da cidade (Bairros da Rosa, Ingote e Relvinha) .

Links:
Sabes de algum evento feminista e gostavas de que aparecesse em feminista.pt?
Envia-nos um email com toda a informação para:
eventos@feminista.pt
ícone feminista.pt