Agenda de Eventos Feministas em Portugal

waves

ūüŹõ Inven√ß√Ķes de feminismos nas pr√°ticas subtis de rebeldia entre mulheres nos sert√Ķes brasileiros

Coment√°rio: Teresa Cunha (CES)

Resumo

Pensando os sert√Ķes brasileiros como um espa√ßo plural, diverso e potente, embora historicamente associado √† fome, seca, masculinidades dominantes e feminilidades submissas, este semin√°rio pretende analisar as diversas formas de rebeldia feminina a partir da narrativas de mulheres que vivem √† margem da cultura urbana e letrada, principalmente as de ascend√™ncia afro-ind√≠gena, n√£o escolarizadas, pertencentes √†s camadas populares e moradoras de √°reas rurais e/ou distantes dos grandes centros. As suas pr√°ticas nos levam a refletir sobre a possibilidade de inven√ß√Ķes de feminismos, considerando que estes foram constru√≠dos historicamente atrav√©s do enfrentamento direto das mulheres √† ordem androc√™ntrica, bem como por suas subtis formas de rebeldia. A partir de uma perspectiva hist√≥rica pretendemos refletir sobre as v√°rias t√°ticas utilizadas por mulheres sertanejas para subverter constru√ß√Ķes sociais de g√©nero, fazendo emergir ‚Äúinven√ß√Ķes de subjetividades‚ÄĚ potentes e paradoxais.

Notas Biogr√°ficas

Teresa Cunha √© doutorada em Sociologia pela Universidade de Coimbra. √Č investigadora s√©nior do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde ensina em v√°rios Cursos de Doutoramento; co-coordena a publica√ß√£o ‚ÄėOficina do CES‚Äô, As S√©ires do Gender Workshop. Coordena a Escola da Inverno ‚ÄėEcologias Feministas de Saberes‚Äô e o Programa de Investiga√ß√£o Epistemologias do Sul. √Č professora-adjunta da Escola Superior de Educa√ß√£o do Instituto Superior Polit√©cnico de Coimbra  e investigadora associada do CODESRIA e do Centro de Estudos Africanos da Universidade Eduardo Mondlane, Mo√ßambique. Em 2017, foi agraciada com a Ordem de Timor-Leste pelo Presidente da Rep√ļblica Democr√°tica de Timor-Leste. Os seus interesses de investiga√ß√£o s√£o feminismos e p√≥s-colonialismos; outras economias e economias feministas mulheres; transi√ß√£o p√≥s-b√©lica, paz e mem√≥rias; direitos humanos das mulheres no espa√ßo do √ćndico. Tem publicados v√°rios livros e artigos cient√≠ficos em diversos pa√≠ses e l√≠nguas dos quais se destacam: Women InPower Women. Outras Economias criadas e lideradas por mulheres do sul n√£o-imperial; Never Trust Sindarela. Feminismos, P√≥s-colonialismos, Mo√ßambique e Timor- Leste; Ensaios pela Democracia. Justi√ßa, dignidade e bem-viver; Elas no Sul e no Norte; Vozes das Mulheres de Timor; Timor-Leste: Cr√≥nica da Observa√ß√£o da Coragem; Feto Timor Nain Hitu - Sete Mulheres de Timor¬Ľ; Andar Por Outros Caminhos e Ra√≠zes da ParticipAc√ß√£o.

V√Ęnia Vasconcelos √© historiadora feminista e pesquisadora dos Estudos de G√™nero no Brasil, sendo Doutora em Hist√≥ria pela Universidade Federal Fluminense (Rio de Janeiro), com per√≠odo sandu√≠che na Universitat Rovira i Virgili (Espanha) e professora da Universidade do Estado da Bahia, na gradua√ß√£o e no Programa de p√≥s-gradua√ß√£o em Hist√≥ria Regional e Local. Desenvolve pesquisas sobre g√™nero, sexualidades, feminismos, mulheres e biografia, tendo publicado recentemente pela EDUFBA o livro ‚Äú√Č um romance minha vida‚ÄĚ ‚Äď Dona Farailda - uma "casamenteira" no sert√£o baiano, entre outras publica√ß√Ķes. Atualmente desenvolve uma investiga√ß√£o, em n√≠vel de p√≥s-doutorado, no Centro de Estudos Sociais, na Universidade de Coimbra/Portugal.

T√Ęnia Vasconcelos √© professora da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) - Campus V, atuando nas √°reas de Europa Moderna e Estudos de g√™nero (Fundamentos Te√≥ricos e Metodol√≥gicos). √Č doutora em Hist√≥ria pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com per√≠odo sandu√≠che na Universitat Rovira i Virgili (Espanha), Mestre em Hist√≥ria Social pela Universidade de S√£o Paulo (USP) e Licenciada em Hist√≥ria pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Como historiadora feminista desenvolve a√ß√Ķes de ensino, pesquisa e extens√£o relacionados aos seguintes temas: Hist√≥ria moderna e Hist√≥ria do Brasil, rela√ß√Ķes de g√™nero, feminismos, hist√≥ria das mulheres, g√™nero e sexualidade, g√™nero e justi√ßa.

Links:
Sabes de algum evento feminista e gostavas de que aparecesse em feminista.pt?
Envia-nos um email com toda a informação para:
eventos@feminista.pt
ícone feminista.pt