Agenda de Eventos Feministas em Portugal

waves

Daiara Tukano em Lisboa - Tournée Europeia

Daiara Tukano, artista e ativista indígena iniciará em Lisboa uma tournée por várias cidades europeias, organizada pela Coordenação Justiça Climática Social/Suíça, com apoio do Coletivo Memória, Verdade e Justiça Rhône Alpes / França, e do movimento Pela Democracia Brasil em Lisboa. Essa tournée conta com 12 etapas em 6 países da Europa Ocidental, e com presença do artista indígena Jaider Esbell e da ativista Fernanda Kaingang. 

Convidamos a participar dessas ações, e particularmente os coletivos políticos e movimentos sociais, a se juntar à ação política BOI-COTE dia 16 de Março pela 11h no Jardim Amália Rodrigues onde teremos uma conversa pública com Daiara. 

Programa detalhado aqui:

TOURNÉE "PESPECTIVAS AMERÍNDIAS NO BRASIL CONTEMPORÂNEO"

15 de Março - 21h30 
Local: FCSH

Sessão Especial 4º Encontro Nacional pela Justiça Climática - “Clima, Justiça Social e Direitos Humanos”. Parceria: Climáximo.

Nesta sessão especial que abre o 4º Encontro Nacional pela Justiça Climática, contamos com duas presenças muito especiais: Daiara Tukano, dos Tukano do Alto Rio Negro, no Brasil, ativista, artista, investigadora e pensadora sobre direitos humanos e causas indígenas; e Daniela Ferreira, em representação do movimento estudantil que em Portugal mobilizou estudantes para a primeira Greve Climática Estudantil, no próprio dia 15 março.

16 de Março  - 11H 
Local : Jardim Amália Rodrigues 

Conversa pública com Daiara Tukano

Performance Boi-Cote organizada pelo movimento  Pela Democracia Brasil e Coletivo Andorinha

#BOICOTE #paraaterrasagrada #CONSUMOCONSCIENTE 

"O que importa é a terra e no Brasil as terras indígenas são da União, são públicas, e existe hoje, absolutamente explícito, o projecto de privatizar 100%, se possível, todas as terras públicas do Brasil para poderem ser comercializadas para o agro-negócio, para plantar soja, criar gado, explorar minério." Esta ação performativa invoca essa realidade e propõe um boicote à importação de carne brasileira. Tod@s são convidados a participar desta ação coletiva.

17 de Março - 17h - Coleção Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian
Mesa Redonda “Artes, pensamento ameríndio e ativismo” no âmbito da Mostra Ameríndia Percursos do Cinema Indígena no Brasil.
com Ailton Krenak e moderação de Rita Natálio 

Ailton Krenak encontra Daiara Tukano, artista e ativista indígena que iniciará em Lisboa uma tournée por várias cidades europeias, organizada pela Coordenação Justiça Climática Social/Suíça e com apoio do Coletivo Memória, Verdade e Justiça Rhône Alpes/França. Uma conversa sobre ecologia da arte, tendo em conta o papel das artes ameríndias na desestabilização de uma tendência para a mundialização, no activismo e na construção de uma rede de afinidades entre imaginação, estética e mudança social.

**********************************************

Biografia

Daiara Tukano, do povo Tukano do Alto Rio Negro, é ativista indígena e artista plástica, mestre em direitos humanos pela Universidade de Brasília, pesquisadora do direito à memória e verdade dos povos indígenas; comunicadora independente é coordenadora da Rádio Yandê, primeira web-rádio indígena do Brasil -  ( www.radioyande.com ). Daiara acredita que o ativismo é um exercício pela consciência para a integração com a natureza, para que possamos trabalhar juntos a cultivar uma sociedade mais justa e respeituosa das diversidades, honrando a dignidade de todos os seres vivos. Existem vários caminhos para se conectar com essa consciência, tudo é espiritualidade: a arte, as relações políticas e sociais, assim como nossa busca por uma compreensão mais profunda do universo.

Links:
Sabes de algum evento feminista e gostavas de que aparecesse em feminista.pt?
Envia-nos um email com toda a informação para:
eventos@feminista.pt
ícone feminista.pt