Agenda de Eventos Feministas em Portugal

waves

⚠️ 👑🦠 #EuFicoEmCasa

Devido aos planos de contingência do Covid-19, há eventos que estão a ser CANCELADOS ou adiados.

Por favor consulte o link oficial da organização de cada evento. 

🎤 Unindo fronts: Sara (Athenas/Egito) e Muleca XIII

Unindo Fronts: Sara, Muleca XIII e mais...

O Comitê de Solidariedade entre os Povos junto com o coletivo da Disgraça convida a todxs para um evento de celebração do internacionalismo e da destruição de todas as fronteiras.

Receberemos pela 1ª vez em Lisboa a rapper Sara (Egito) vindo diretamente de Atenas, acompanhada da artista local Muleca XIII (Pt/Br). Neste pré-8 de março, dia internacional de luta das mulheres, organizamos em conjunto com estas duas mulheres imigrantes um evento-barricada, que conta com evento + bate-papo + jantar.

Devido ao curto tempo, escolhemos não disponibilizar um espaço específico para o bate-papo, devendo este acontecer de forma transversal e descentralizada durante o evento. Para tal, propomos o seguinte texto-disparador:

=-=

Pensar Imigração, dissidências e internacionalismo
A realidade dxs imigrantxs e corpos outros expõe as contradições e as fronteiras criadas pelo capital. As mulheres e xs trangressorxs de gênero, quando na posição de migrantes, acabam formando um front contra as políticas de segregação e desumanização aprofundadas pelo estágio atual do capitalismo.
De que forma pode-se articular esta resistência, transnacional por excelência, em um movimento internacional? 
Estas redes vem sendo construídas?
O movimento radical vêm absorvendo as pautas relativas a estes corpos, ou está indiferente a elas?

=-=

Teremos ainda um jantar benefit às retomadas Guaranis e Kaiowas no Mato Grosso do Sul, outro front da vida e da biodiversidade contra a força esterilizante do capital. 

Concerto gratuito, com colaborações bem vindas.

Em breve mais informações!

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

A Disgraça é um espaço onde não se toleram atitudes nem discursos racistas, sexistas, homofóbicos, transfóbicos etc. Desta forma, reserva-se o direito de impedir a entrada a polícias, juízes, juízas, ministros, ministras, presidentes, presidentas, nazis, neonazis, protonazis, nacionalistas, ou qualquer outro animal vertical que padeça de qualquer tipo de idiotice autoritária ou supremacista.

Links:
Sabes de algum evento feminista e gostavas de que aparecesse em feminista.pt?
Envia-nos um email com toda a informação para:
eventos@feminista.pt
ícone feminista.pt