Agenda de Eventos Feministas em Portugal

ondas

Na Pele

NA PELE é um experimento performativo que discute de forma sinestésica e sensorial as questões atuais de discriminação e violência contra minorias. Neste caso, a pele negra de mulheres e homossexuais tratadas como objeto, como escória, como resto. É sobre o que toca a alma através da pele negra. É a percepção no corpo e no espírito da intolerância, da invisibilidade, da rejeição, da violência física e psíquica...e, muitas vezes, da morte por feminicídio ou homofobia...Tudo acontece NA PELE e POR CONTA DA PELE...Mas o caminho não será de aniquilamento, será de resistência e luta, através da arte, através do artivismo, através do corpo...NA PELE.

Consiste num projeto realizado por artistas brasileiros e portugueses no qual  pretende cruzar o teatro físico, a performance,  a arte sonora e arte visual, partindo do conceito da violência e a intolerância inspirado no poema “a manhã seguinte à execução de Marielle Franco” de  Micheliny Verunschk. Numa intriga e procura pela a arte da resistência política e social, explora-se através da experimentação entre o movimento do corpo e a tecnologia interativa, onde o  vídeo e o som em relação ao corpo surge de estímulo para a criação artística.  

Direção Artística e Encenação: Ana São José e Érico José  
Interpretação: Thaís Guimarães e Márcio Dornellas
Poema: “a manhã seguinte à execução de Marielle Franco” de Micheliny Verunschk. 
Voz-Off  Poema e Composição do Canto: Catarina Fernandes 
Vídeo em tempo real: Filipe Barbosa e Sara Lemos
Sonoplastia: André Cruz 
Design e Fotografia: Sara Lemos
Figurinos e Adereços : Pedro Morim
Desenho de luz: Érico JosÉ 
Produção: TaRa produções
Parceria: COLE  ( Coletivo Livre de Espetáculos) – Brasil 
Classificação: Performance e Media interativos.
Duração: 20’ aprox.

Links:
ícone feminista.pt