Agenda de Eventos Feministas em Portugal

ondas

GREVE CLIMÁTICA ESTUDANTIL -COIMBRA

Convocamos nova greve climática estudantil para dia 24 de Maio, inserida na segunda grande greve mundial do movimento #FridaysForFuture. Far-no-emos ouvir, de novo, pela justiça climática. Dia 15 de março fomos fortes. Cerca de 20 mil estudantes saíram à rua, numa mensagem clara de descontentamento para com as classes políticas que varrem a crise climática para debaixo do tapete. Tivemos a oportunidade de sermos ouvidos também pelo Ministro do Ambiente. Mas a mudança que reivindicamos ainda não chegou. Não chegou, porque a central de Sines e do Pego continuam a funcionar a carvão, e não foi efectuada qualquer mudança no sentido de planear a transição energética para mais cedo. Não chegou, porque os contratos para explorar gás natural na Batalha e em Pombal ainda estão em cima da mesa, salvaguardados pela inércia política na área ambiental. A mudança de paradigma radical que exigimos ainda está por fazer. 

Se 20 mil jovens demonstram o seu descontentamento, e nada acontece, então é hora de voltarmos à ação. Porque o 15 de março não foi apenas um dia. É um movimento, movimento esse que reivindica medidas sérias e urgentes, apoiadas numa geração que está farta de ver o seu futuro negligenciado por interesses económicos sobrepostos a interesses humanos e naturais.

Assim, dia 24 de maio fazemos nova greve. A luta pela justiça climática continua.

Cada vez temos mais a certeza de que a não-resolução deste estado de emergência climática não se deve à falta de tecnologia ou outros recursos, mas sim à falta de vontade política.

Somos uma geração que está acordada. E vamos continuar na luta até que o governo se aperceba de que a prioridade ao combate sério, eficaz e urgente às alterações climáticas é um dever.

Junta-te a nós!

Links:
ícone feminista.pt